Conheça as linguagens de programação mais usadas na área de tecnologia 

16/05/2023
• Atualizado em 2 de julho de 2024

Saber quais são as linguagens de programação mais usadas no mercado é importante para direcionar os seus estudos de forma eficiente, ficar atualizado sobre as novidades da área e aumentar as chances de você, pessoa refugiada ou migrante, conseguir uma oportunidade profissional no Brasil. 

Primeiro, vamos explicar (para quem não sabe) ou recapitular (para quem já sabe) o conceito de linguagem de programação. 

O que é linguagem de programação? 

Linguagem de programação é o conjunto de códigos que transmitem orientações para que as máquinas possam executar determinadas funções

Sabe quando você quer fazer um pedido para um familiar ou amigo? Para isso, você usa as palavras certas para que essa pessoa entenda o que você quer dizer, certo? Funciona da mesma forma com os computadores, só que os desenvolvedores precisam utilizar a linguagem de programação para que eles entendam as suas ordens. 

Lista das linguagens de programação mais usadas por desenvolvedores 

Python

Python é uma das linguagens de programação mais usadas nas empresas. É amplamente utilizada para análise de dados, desenvolvimento e prototipação de aplicações web e automação de tarefas. 

JavaScript

Essa é uma linguagem de programação essencial para quem quer aprender a programar, pois é utilizada tanto no front-end como no back-end (por meio do node). 

É frequentemente manuseada em conjunto com o HTML e o CSS para criar páginas na web. O JavaScript permite criar imagens animadas, efeitos de transição, esconder ou apresentar informações da página, realizar logins, entre outros recursos interativos. 

Java 

A grande vantagem dos códigos Java é que eles podem ser escritos em qualquer ambiente, pois funcionam em diferentes dispositivos. Por isso, essa linguagem ganhou o seguinte slogan: “escreva uma vez, rode em qualquer lugar”. Ele pode ser utilizado no desenvolvimento de aplicativos, de jogos e de aplicações na web. 

Homem sentado em uma mesa olhando para dois monitores. Está com fone de ouvido e parece estar estudante alguma das linguagens de programação mais usadas.
Imagem de Hitesh Choudhary por Pixabay

C

Apesar de ser antigo, o C continua sendo uma das linguagens de programação mais usadas na tecnologia. Com ele, é possível, por exemplo, produzir filmes e jogos 3D e programar microcontroladores, que são uma espécie de computadores muito pequenos capazes de realizar tarefas de maneira eficiente. 

Na indústria automotiva, ela é usada em sistemas de carros e outros equipamentos em que o controle de tempo é fundamental para a segurança do usuário. 

Além disso, originou outras linguagens, como C++ e C#. 

C++

C++ é uma das linguagens mais flexíveis que existem. É amplamente utilizada nos casos de desenvolvimento de videogames de última geração, aplicativos, navegadores de internet, entre outros. É popular em mercados que exigem processamento de dados em tempo real, como o setor financeiro. 

Como uma extensão da linguagem C, o C++ adiciona recursos de programação orientados a objetos, sendo comum para programar jogos de alta complexidade. 

C#

C# também é uma das linguagens de programação mais usadas na área de tecnologia, sendo muito parecida com o Java. Criado pela Microsoft, o C# também é utilizado no desenvolvimento web, mobile e desktop, atendendo desde projetos simples até a criação de jogos complexos. 

Ele possui alguns recursos que ajudam na construção de aplicativos úteis e seguros, como:

  1. Coleta de lixo: libera automaticamente a memória ocupada por arquivos que não estão sendo utilizados
  1. Tratamento de exceções: permite que os programadores capturem erros na execução de um programa
  1. Design tipado: impõe regras sobre os tipos de dados que podem ser usados, o que ajuda a evitar erros e deixa o código mais fácil de ser entendido. 

TypeScript

Também criado pela Microsoft, o TypeScript é uma versão estendida do JavaScript que adiciona recursos como tipagem estática e interfaces — o que permite identificar e prevenir erros durante a etapa de desenvolvimento de páginas na web.  

PHP

PHP é uma linguagem usada para a construção de sites e aplicações web. O ponto positivo é que ela é considerada bem fácil de aprender. Os seus principais diferenciais são incluir funcionalidades que não são suportadas pelo HTML e integrar informações da página com o MySQL e outros bancos de dados. Com o PHP, é possível criar, por exemplo, sites dinâmicos e plugins para gerenciadores de conteúdo (CMS).

GO

Criada pelo Google, a linguagem Go possui recursos interessantes, como a programação simultânea (ou seja, executa várias tarefas ao mesmo tempo) e o gerenciamento de memória. Além disso, o seu desempenho é rápido e eficiente. 

Ruby

Ruby é uma linguagem comumente utilizada para a criação de aplicações web, mas também pode ser útil para prototipação e, às vezes, análise de dados. Além disso, permite que você construa códigos em menos linhas e de forma mais clara. 

Bônus: SQL

O SQL não é exatamente uma linguagem de programação, mas é amplamente utilizado em conjunto com as linguagens anteriores em uma aplicação. Basicamente, o SQL serve para acessar, extrair e modificar informações de banco de dados. 

Quais dessas linguagens são usadas no front-end e no back-end?

JavaScript e TypeScript podem ser utilizados tanto no front-end quanto no back-end (por meio do node ou deno). Já as linguagens Python, JavaScript, Java, TypeScript, Go, Ruby, PHP, C#, C, C++ e SQL fazem parte do universo back-end. 

Clique aqui e entenda melhor sobre as diferenças entre front-end e back-end.

Onde aprender as linguagens de programação mais usadas? 

Para aprender as linguagens de programação mais usadas, você pode ver vídeos no Youtube, ler livros ou fazer um curso, sendo a última opção mais recomendada, pois o auxílio de professores vai facilitar e encurtar o seu processo de aprendizado. 
Nós, da Toti Diversidade, oferecemos formações gratuitas para refugiados e migrantes em diversas áreas da tecnologia! Clique aqui e confira.

Conteúdo do Artigo

Você também vai gostar!

Desenvolvedor front-end: funções, salários, oportunidades e dicas para entrar no mercado de trabalho

Confira um guia sobre como se tornar um desenvolvedor front-end. Descubra funções, salários, oportunidades e dicas para conseguir um emprego.

Toti Diversidade oferece cursos para migrantes e refugiados no Brasil e ainda ajuda na empregabilidade deles

A Toti disponibiliza gratuitamente cursos para migrantes e refugiados com foco em empregabilidade. Confira a lista de cursos.

Quais são os direitos dos refugiados e migrantes no Brasil? Confira tudo o que você precisa saber

O Brasil é reconhecido como um país que acolhe imigrantes. Mas quais são os direitos dos refugiados e migrantes no Brasil? Descubra aqui!

Faça parte da maior comunidade de refugiados e migrantes no Brasil

Inscreva-se para fazer parte da maior comunidade de imigrantes profissionais de tecnologia no Brasil. Receba os melhores conteúdos para alavancar a sua carreira.

Faça parte da maior comunidade de refugiados e migrantes no Brasil

Inscreva-se para fazer parte da maior comunidade de imigrantes profissionais de tecnologia no Brasil. Receba os melhores conteúdos para alavancar a sua carreira.